Como a hidratação pode prevenir o envelhecimento precoce da pele?

30 de setembro de 2020

Rugas, manchas, linhas de expressão, flacidez, irritação e ressecamento são sinais do envelhecimento da pele. O que pouca gente sabe é que a hidratação ajuda – e muito! – a prevenir esses sinais e até mesmo a preencher rugas finas, como as marcas de expressão.

A perda de água é também uma característica do envelhecimento da pele. Isso faz com que a hidratação seja essencial durante esse processo: além de formar uma barreira que impede a perda excessiva de água, ainda protege contra os agentes externos que podem causar irritações e eczemas.

Uma pele muito seca tem mais propensão à formação de microfissuras, que facilitam a entrada destes agentes externos. Por isso, também é sempre bom lembrar de hidratar a pele após o banho: o processo de limpeza com sabonetes e água pode acabar retirando não só as células mortas e a sujeira, mas também a gordura boa da pele, deixando-a mais seca e desprotegida.

Além de suavizar as linhas de expressão e formar uma barreira contra os meios externos, a hidratação ainda mantém a epiderme íntegra, o que facilita o cuidado com as outras camadas da pele.

Hidratação para os diferentes tipos de pele e os fotoprotetores
A hidratação e a fotoproteção são fundamentais, principalmente para quem já está passando pelo processo de envelhecimento. E isso só reforça o conceito de que os cuidados com a pele devem ser um hábito adquirido até mesmo de forma preventiva.

O envelhecimento da pele pode estar ligado a diversos fatores como sol, genética, alimentação, sono e exercícios físicos. Com relação ao sol, ele promove alterações na barreira cutânea, diminuindo a quantidade de água na epiderme – sem falar da radiação! Dessa forma, também é importante pensar em adotar o uso diário de hidratantes associados com filtro solar.

Pessoas que possuem pele seca devem procurar hidratantes emolientes, que vão agir de forma a restaurar a oleosidade perdida. Já as pessoas de pele oleosa devem optar por hidratantes umectantes. Para a pele que já tem sinais de envelhecimento, o recomendado é usar um hidratante durante o dia e um creme antienvelhecimento à noite.

Com relação à frequência, é sugerido hidratar corpo no mínimo três vezes por semana e o rosto todos os dias, ao menos duas vezes.

Curiosidade

Estudos indicam que áreas da pele com lesões pré-cancerosas são extremamente ressecadas. Dessa forma, é possível pensar que a hidratação poderia ter também um papel muito importante no processo de auxiliar a diminuir a progressão do câncer de pele e reverter lesões causadas pelo sol.

Referências:

https://bit.ly/2GSvZkW

https://bit.ly/3mblLfv

https://bit.ly/2ZxQTMK

 

Compartilhe