Cuidados com a pele no inverno: entenda a diferença para cada tipo de pele

27 de julho de 2020

Veja as dicas de skincare no inverno para o seu tipo de pele em entrevista com a Dra. Paula Ferreira, dermatologista e consultora da Libbs, e entenda quais os cuidados com a pele necessários para você.

Faça o nosso quiz, descubra se você tem pele sensível e aproveite ainda mais as dicas desse post!

Cuidados com a pele no inverno

O inverno chegou e, na estação mais fria do ano, é normal que a nossa pele sofra com as mudanças climáticas e de temperatura típicas desta estação. E, com tantas informações e produtos diferentes disponíveis no mercado, é preciso se atentar para que a sua rotina de cuidados seja feita da maneira correta e não acabe por surtir um efeito indesejado.

E, para que você não fique com nenhuma dúvida sobre como cuidar da sua pele, fomos consultar a nossa parceira e especialista em dermatologia, Dra. Paula Ferreira, para saber tudo sobre skincare no inverno. Confira!

Qual a principal diferença dos cuidados com a pele no inverno e no resto do ano?
A pele fica mais ressecada no inverno, então é necessário hidratar mais vezes ao dia – duas vezes, pelo menos. No verão, é comum lavar o rosto e já aplicar o protetor solar, pulando a etapa do hidratante. Mas no inverno é recomendado utilizar o hidratante também pela manhã, logo após a limpeza. Para a etapa de limpeza no inverno é recomendado lavar com sabonete líquido, que não resseque mais a pele (de preferência algum que não faça muita espuma), passar o hidratante e 15 minutos depois o protetor. Se for usar maquiagem, também é bom aguardar um intervalo de 10 a 15 minutos, para que o protetor seja absorvido. Lembrando que só pode sair de casa 15 minutos depois de passar o filtro solar!

É necessário passar protetor solar mesmo se for ficar o dia inteiro em casa no inverno?
O protetor solar é sempre necessário. Os raios ultravioletas do tipo A ultrapassam as janelas e são constantes ao longo do ano.

Há alguma alteração recomendada para os cuidados com a pele no inverno?
A pele está sujeita às mudanças ambientais. No Sul e no Sudeste, a temperatura e a umidade do ar mudam muito, então é bom trocar os produtos usados no verão e no inverno, optando por produtos específicos para cada época. Já no Norte e Nordeste, onde o clima não muda tanto, pode manter os hábitos e produtos em ambas as estações.

Cuidados com a pele no inverno

Quais são os cuidados importantes para a estação, dependendo do tipo de pele?
Para a pele oleosa: mesmo que esse tipo de pele não se adapte ao hidratante no verão, no inverno o uso do hidratante é muito importante. Temos dois tipos de gordura na pele: a das glândulas sebáceas (que é líquida e dá o aspecto de pele oleosa) e a do cimento celular (que funciona como uma capa protetora da pele, que tem consistência de cera e fica entre as células da camada mais externa da pele). O sabonete e a água quente não diferenciam os tipos de gordura e acabam retirando a gordura protetora da pele também. Por isso, é fundamental cuidar para não ressecar demais a pele oleosa, retirando essa camada de proteção boa, que temos naturalmente. Os hidratantes mais recomendados para pele oleosa são os formulados em loção ou gel-creme. Produtos que contenham nicotinamida são uma opção para regular a produção das glândulas sebáceas, sem alterar o cimento celular, assim como outras substâncias que diminuem a produção de sebo. É bom também evitar o uso de esfoliantes e produtos com ácido salicílico nessa época. E não esquecer, nunca, de usar hidratante!
Para pele seca: cuidados redobrados! Não lavar o rosto no banho – usar sempre água fria, com o mínimo de sabonete, de preferência um sabonete que faça pouca espuma (já que a espuma tira a gordura boa, do cimento celular). É obrigatório hidratar depois de lavar. E, em especial para quem tem a pele seca e está fazendo algum tratamento (para rosácea, envelhecimento, despigmentação e outros), a melhor opção são os cremes e não as loções (que têm mais água e menos substâncias oleosas). Dica para pele seca: lavar só com água fria ou gelada, sem sabonete, de manhã, depois é só passar hidratante e protetor. Outra dica é tirar maquiagem com água micelar e só depois lavar, minimizando o uso do sabonete.
Para pele mista: para a pele que é mais oleosa em regiões específicas como na testa, nariz e queixo, recomendo suspender os sabonetes usados no verão, como os que contêm ácido salicílico. Hidratar a região das bochechas, que produzem menos sebo, é fundamental nessa época. Uma dica é usar os produtos em creme-gel, pois eles hidratam sem deixar a pele mais oleosa. Ao lavar pela manhã, usar água fria e sabonete só na zona T (testa, nariz e queixo).

O inverno é uma boa época para se iniciar o hábito de cuidar da pele?
É uma época excelente. No inverno, é possível acrescentar produtos anti-idade à rotina de cuidados da pele. Quando começamos a usar esses produtos, eles
podem ficar um pouco pesados na pele, mas não inverno não. O dermatologista também pode prescrever ácidos e outros tratamentos com produtos fotossensíveis (mais difíceis de usar no verão).

Poderia nos dar dicas de como iniciar esse hábito?
Hidratação e protetor solar diários já promovem rejuvenescimento por si só. Então passar a usar esses dois produtos já ajuda muito na saúde da pele. Uma dica interessante é deixar o sabonete, o hidrante e o protetor solar juntos no banheiro, assim fica mais fácil lembrar das três etapas.

Quais são os produtos indicados para os diferentes tipos de pele no inverno?
Indico hidratantes em creme (para pele seca), em creme-gel (para pele mista) e em loção (para quem tem pele oleosa). Indico também o uso de sabonetes que não fazem tanta espuma e ressecam menos. Esses cuidados são fáceis de tomar e são importantes para a saúde da pele, pois garantem que a pessoa não resseque mais ainda uma pele que já será ressecada pelo clima mais frio e seco. É importante lembrar que o ressecamento deixa a pele mais envelhecida e, além disso, agride a barreira cutânea, facilitando o aparecimento de rosácea, dermatite de contato, dermatite atópica e dermatite seborreica.

Agora que você já sabe como cuidar da sua pele no inverno, pode se manter bonita e saudável durante toda a estação!

Compartilhe