Atividades físicas regulares ajudam no bom funcionamento do intestino

17 de março de 2020

Será que existe relação entre atividades físicas e um número ideal de idas ao banheiro? De acordo com o Ministério da Saúde, não adianta comparar, pois cada pessoa tem seu próprio ritmo. Uns vão duas vezes ao dia. Outros, a cada dois dias. E alguns, de tanto tempo que demora, até perdem a noção do tempo. A verdade é que a prisão de ventre depende de alguns fatores específicos, mas podemos definir esse problema como uma frequência de evacuação menor que três por semana ou evacuar com muito esforço, com fezes ressecadas.

Quem sofre deste mal sempre busca maneiras para auxiliar a defecar, muitas delas erradas, como o uso constante de laxantes. Mas existe uma forma simples para você conseguir aquele empurrão para ir ao banheiro sem sofrimento: praticar atividades físicas.

A prática regular de exercícios auxilia com o movimento do trânsito intestinal, evitando que haja constipação no indivíduo ou mesmo aquela sensação desconfortável de intestino preso. Um segundo benefício é a prevenção de males como inflamações intestinais ou até mesmo câncer de intestino. Estudos já demonstraram que pessoas ativas de ambos os sexos apresentam menor riscos de desenvolvimento destas doenças. Mexer-se também ajuda a evitar a formação de placas de gordura na parede das artérias cardíacas que causam angina e infarto do miocárdio, melhorando a capacidade de trabalho do coração e dos pulmões.

A prática de atividades físicas regulares, além de auxiliar a evitar a prisão de ventre e prevenir doenças, como já explicamos aqui, gera bem-estar, estimula o sistema imunológico, ajuda a prevenir a obesidade, melhora a saúde mental e gera descargas de adrenalina que impulsionam o indivíduo para realização de outras atividades. Ou seja, apenas vantagens para sua saúde.

E engana-se quem pensa que é necessário realizar uma rotina de atleta para ajudar com o bom funcionamento do seu intestino. Uma caminhada de 30 minutos já pode ser de grande valia.
Outros cuidados que ajudam no bom funcionamento do intestino são a hidratação de maneira abundante, com o consumo mínimo de dois litros de água por dia, e a ingestão de fibras.

Mas, atenção: antes de iniciar qualquer atividade física, procure seu médico de confiança para uma avaliação. Afinal, nada melhor que aliar qualidade de vida com responsabilidade.

Referencias:

https://bit.ly/2KmfImP
https://bit.ly/2Vu2afp
https://bit.ly/2RV121V

Compartilhe