5 passos para cuidar da saúde mental

18 de janeiro de 2021

A chegada de um novo ano é, geralmente, um bom momento para iniciar novos planos. E que tal começar este ano investindo em saúde mental? Existem alguns passos que podem te ajudar a criar novos hábitos para ter uma rotina mais saudável e, neste post, selecionamos algumas dicas para te ajudar nessa empreitada:

Psicoterapia
A terapia ainda é um tabu para muitas pessoas. Contudo, é uma ferramenta que possibilita o autoconhecimento, solucionar conflitos e uma grande melhora na saúde mental.

Durante o processo terapêutico, a pessoa olha para si, para seus comportamentos e atitudes para se conscientizar do passado, entender o presente e não repetir os mesmos padrões de comportamento no futuro.

Lembre-se: se a bagagem está pesada demais, não é vergonha nenhuma pedir ajuda para carregar!

Meditação
Já não é de hoje que a gente sabe que a meditação é essencial para quem quer ter uma mente mais tranquila. Essa prática milenar coleciona cada vez mais adeptos pois é altamente eficaz no controle da ansiedade e para uma melhor qualidade de vida.

Hoje existem uma série de aplicativos para ajudar quem quer meditar. Um deles é o Calm, que ganhou um enorme destaque durante a pandemia por covid-19. Com meditações guiadas, programas de respiração, músicas relaxantes e histórias para dormir, o Calm permite que você escolha o tempo de imersão em cada atividade proposta (que varia de 3 a 25 minutos) e está disponível para Android e iOS.

O Sattva oferece meditações guiadas para quem já está acostumado a meditar e para iniciantes. Com timer, o app permite que você meça o tempo de cada sessão de meditação e também sua frequência cardíaca.

Já o 5 minutos propõe pequenas pausas de cinco minutos para melhorar o seu humor com uma trilha sonora agradável e orientações de postura e respiração.

Por fim, o Insight timer funciona como uma rede social porque permite interagir com outros usuários que também utilizam o aplicativo.

Todos os apps acima estão disponíveis para Android e iOS.

5 passos para cuidar da saúde mental

Exercícios físicos
Parece clichê falar sobre exercícios físicos toda vez que falamos sobre saúde mental, mas a verdade é que eles são – sim! – uma parte muito importante do processo de autocuidado geral.

Atividades físicas melhoram a capacidade cognitiva, reduzem os níveis de ansiedade e estresse e fornecem mais energia e disposição – isso sem falar da melhora na autoestima e na liberação da endorfina, o conhecido hormônio da felicidade, que traz outros benefícios como:

  • Melhora da memória
  • Melhora no humor
  • Aumento da disposição física e mental
  • Aumento da concentração
  • Fortalecimento do sistema imunológico
  • Alívio de dores e tensão musculares
  • Melhor qualidade do sono

Aceite-se!
Aceitar-se como é, viver sua própria vida, se usar como referência e não se comparar com os outros e, ainda, ser você mesmo são atitudes que fazem com que gostemos mais de quem somos.

Ao se aceitar, você reconhece suas virtudes e abre espaço para adquirir novas habilidades, tentar novos hábitos, melhorar comportamentos e até entender, aceitar e equilibrar seus sentimentos num processo mais leve e menos doloroso.

Conviva
Em um período de isolamento social e com a chegada de um ano que ainda é de muitas incertezas, uma coisa é fato: a convivência com as pessoas que amamos, amigos e familiares, é um grande pilar da nossa saúde mental.

Reserve um tempo para ter contato com a sua família e amigos, mesmo que a distância. Esteja próximo de quem te faz bem, ainda que virtualmente, por meio de ligações ou reuniões na internet. Pode parecer óbvio, mas é fundamental estar perto das pessoas que nos amam e que se importam com a gente, afinal, o suporte dessas pessoas é um fator importante contra o sofrimento.

Compartilhe