Enxaqueca: redobre o cuidado com a alimentação

24 de junho de 2016

Quem sofre com a enxaqueca sabe que toda dica para evitar a crise é valiosa. Muitos são os fatores desencadeantes como alguns alimentos. Então, se você se inclui nesse time, saiba que a regra é evitar alguns ingredientes e incrementar a dieta com aqueles que constituem uma alimentação saudável e balanceada. E, cuidado com alguns truques: alguns deles são muito saudáveis para a maioria das pessoas. Então, atenção às dicas abaixo.

O que evitar:

– queijos curados ou amarelos, vinho tinto, café e chocolate. Eles liberam substâncias inflamatórias que dilatam os vasos cerebrais e ajudam a desencadear a cefaleia.

– molhos, especialmente o shoyu. Ele possui glutamato monossódico, que pode elevar os níveis de acetilcolina, um dos neurotransmissores estimulantes da função muscular, e inibir a absorção de glicose por parte das células cerebrais. Essas alterações favorecem a enxaqueca. Essa substância também está presente em temperos e caldos prontos, macarrão instantâneo, salgadinhos, bolachas salgadas e molho inglês.

– melancia. O nitrito, seu corante natural, também é um dos potenciais gatilhos. Ele é encontrado artificialmente também em embutidos e produtos defumados como salame, presunto, mortadela, salsicha e afins.

Compartilhe