Inverno aumenta em 30% risco de infartos

06 de junho de 2016

Uma pesquisa publicada pelo British Medical Journal, periódico científico inglês, revelou que o número de infartos durante o inverno aumenta quase 30% em relação às outras estações do ano.

Segundo especialistas, em dias frios, o organismo libera substâncias que comprimem as artérias para reter mais calor e manter o equilíbrio térmico do corpo. Esse mesmo mecanismo aumenta a espessura dos vasos sanguíneos. Isso dificulta a circulação, aumenta a frequência cardíaca e a pressão arterial.

As baixas temperaturas prejudicam principalmente idosos pois estão mais susceptíveis ao aumento da pressão arterial e transtornos de coagulação sanguínea, além de mais propensão às infecções típicas do frio como gripes e resfriados, que podem ser fatores desencadeantes de eventos cardiovasculares.

Para prevenir a doença cardiovascular é preciso fazer check-ups periódicos, ir a consultas médicas antes do início do clima frio nas cidades, realizar atividades físicas e manter uma boa rotina de alimentação, já que no inverno há a tendência de comer mais alimentos gordurosos e doces, o que eleva os níveis de colesterol e da pressão arterial. Outra dica é manter-se mais agasalhado e consumir bebidas mais quentes como chá ou achocolatado. Já que a ingestão de saladas é mais difícil nessa época, a sopa quente é uma boa pedida evitando aquelas que levam creme de leite e são muito calóricas.

Fonte: eBand

Compartilhe