Pesquisa mostra aumento do índice de hipertensão no Brasil

27 de abril de 2017

De acordo com o estudo Vigitel, do Ministério da Saúde (MS), o diagnóstico de hipertensão arterial aumentou 14,2% no Brasil nos últimos 10 anos, principalmente entre mulheres. A pesquisa aponta a obesidade – que aumentou 60% nesse mesmo período – como um dos principais fatores responsáveis pelo índice observado não só na pressão alta, que agora atinge 25,7% da população, mas também no diabetes.

Mal da vida moderna

O cardiologista Jairo Lins Borges, do Departamento de Cardiologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), afirma que o aumento da hipertensão está ligado aos hábitos de vida e também aos aspectos demográficos do País.  “O profissional brasileiro tem desempenhado um trabalho cada vez mais intelectual e sedentário, combinado à alimentação industrializada. Outro fator importante é que, com o envelhecimento, a tendência ao ganho de peso é maior. Com uma população mais longeva, também aumenta a obesidade e a pressão alta”, afirma Borges.

Ajudinha tecnológica

Controlar o peso é essencial para manter a pressão dentro dos limites ideais. Mas emagrecer não é uma tarefa fácil: é preciso ter determinação e contar com o suporte certo. Seguindo sempre as orientações médicas, é possível usar a tecnologia como aliada para alcançar as mudanças necessárias para uma vida mais saudável. Pensando nisso, desenvolvemos o app Pulso Livre, que incentiva a prática de atividades físicas e a boa alimentação entre hipertensos e todos aqueles que desejam uma saúde equilibrada.

Disponível gratuitamente para os sistemas Android e iOS, o programa propõe ao usuário diversos desafios, como o de atingir o índice de massa corpórea (IMC) adequado e melhorar a qualidade de suas refeições. Também é possível consultar dicas sobre porções adequadas de alimentos, além de sugestões de postura para exercícios de alongamento. Outra vantagem é a ferramenta para enviar dados sobre a evolução do usuário ao cardiologista, além da agenda de consultas, que mostra os lembretes sempre que a data de ir ao médico se aproxima.

Compartilhe