Proteja-se das doenças respiratórias que têm como uma das principais causas a poluição

08 de setembro de 2016

Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que as doenças respiratórias ocupam o terceiro lugar entre as maiores causas de morte no mundo. A informação é alarmante e de acordo com Dra. Maura Neves, otorrinolaringologista do Hospital Universitário da USP, essas doenças são agravadas pela combinação do tempo seco e poluentes na atmosfera. De acordo com a organização, 40 cidades brasileiras estão na lista das 1600 com nível de poluição acima do recomendado pela OMS, que são 50 microgramas de partículas por metro cúbico de ar por dia. Entre os estados mais afetados estão: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo e Bahia. Para minimizar os males causados por estes problemas das grandes cidades, a especialista esclarece que a hidratação da mucosa nasal diariamente é fundamental para diminuir consideravelmente as chances de problemas respiratórios.

A otorrinolaringologista destaca que a mucosa nasal é a primeira barreira do corpo contra agentes nocivos que inalamos e essa defesa depende do grau de hidratação. “O nariz seco dificulta a função de umidificação do ar inalado realizada pelo nariz, aumentando a chance de ocorrerem crises de rinite, infecções respiratórias e sangramento”, explica.

Mas quando sabemos que estamos com o nariz desidratado? A doutora explica que em caso de ressecamento há formação de crostas e retenção de secreção no nariz. “O uso de hidratante nasal pode ajudar na prevenção de gripes, resfriados, rinites e sangramento nasal. É recomendado que o paciente faça uso de hidratante nasal, três vezes ao dia, para ajudar na prevenção de infecções, no entanto, a aplicação pode variar conforme a necessidade de cada um, afirma.

Para a hidratação, é recomendado o uso de produtos que não contenham álcool em sua formulação. Para a médica, outro ponto importante é priorizar a utilização de hidratante nasal à base de Ringer Lactato, composição salina que mais se aproxima da concentração de sais das células da mucosa nasal e, desta maneira, é mais fisiológica para o nariz. Essa salina tem alto poder de hidratação e proporciona conforto nasal na aplicação e sem ardência.

Compartilhe