Tacrolimo

Cientes de que todos na Libbs somos agentes de inovação, nossa história é repleta de iniciativas para fortalecer a indústria e a tecnologia brasileiras, ampliando o acesso da população a medicamentos seguros e eficazes. Uma delas é o imunossupressor Tacrolimo, usado para evitar a rejeição de órgãos em transplantados de rim e fígado. Esta foi a nossa primeira Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), programa do governo de estímulo ao desenvolvimento e produção de medicamentos no país. Para esta PDP temos uma parceria com o Instituto de Tecnologia de Fármacos da Fiocruz (Farmanguinhos) que prevê a transferência da tecnologia para o laboratório público.

A celebração da produção do primeiro lote, em dezembro de 2013, numa solenidade com a presença do então ministro da Saúde Alexandre Padilha e centenas de convidados, deu a dimensão da importância da conquista que reduzia a dependência do Brasil de importações e da tecnologia da indústria farmacêutica estrangeira, ampliava o acesso a medicamentos para doenças complexas nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e trazia uma economia para os cofres públicos calculada em R$ 250 milhões nos cinco anos de PDP.

Atualmente, o Tacrolimo é consumido diariamente por mais de 25 mil pessoas que receberam transplantes de rim ou de fígado.

A transferência de tecnologia para o laboratório Farmanguinhos encontra-se em fase avançada e, a partir de 2017, também passa a produzir o medicamento para que abasteça o SUS. Muito mais que a simples transferência da tecnologia, nós também somos responsáveis pela capacitação dos nossos parceiros.

Atualmente o Tacrolimo é consumido diariamente por mais de 25 mil pessoas